Uma das curiosidades sobre a cidade de Dublin, capital da Irlanda, é que ela é um dos destinos mais procurados pelos intercambistas. 

Por possuir o inglês como idioma oficial, a capital atrai pessoas do mundo inteiro interessadas em aprimorar o idioma e vivenciar a experiência de um intercâmbio.

Além disso, por ser sede de uma das melhores universidades do mundo, a Trinity College, Dublin recebe tanto universitários quanto pessoas em busca de trabalho e novas experiências.

Seja por ser um destino barato, seja pela cordialidade de seus moradores, o fato é que Dublin vem conquistando o coração de seus visitantes.

Por exemplo, uma pesquisa do site Studyportals revelou que os estudantes internacionais irlandeses são os mais satisfeitos de toda a Europa.

Por isso, para te ajudar a conhecer mais sobre essa cidade da Ilha da Esmeralda, separamos 10 curiosidades sobre Dublin que você deve saber. Confira!

#1 – Os moradores

A primeira das curiosidades sobre Dublin é que ela já foi eleita diversas vezes como a cidade mais amigável do mundo

Normalmente, a capital irlandesa sempre figura entre as 5 primeiras de todos os rankings, e a própria Irlanda já foi eleita o país mais amigável do mundo em 2018.

Isso se deve à grande hospitalidade e cordialidade do povo irlandês, os quais conquistam os seus visitantes e intercambistas.

Os “dubliners”, como se chamam, são tão receptivos que é provável que o cumprimentem na vizinhança mesmo sem conhecê-lo!

#2 – Portas coloridas

Em segundo lugar, uma das curiosidades sobre Dublin que mais chamam a atenção são as portas de diferentes cores presentes nas casas irlandesas.

Portas coloridas em Dublin

Além de serem um charme da cidade, as famosas portas coloridas possuem uma cômica lenda a respeito de sua criação.

Diz a lenda que as mulheres pintavam as portas para que seus maridos encontrassem suas casas após voltarem bêbados dos pubs.

Afinal de contas, tendo a cerveja Guinness e os bares como símbolos, não seria de se admirar caso a lenda fosse mesmo verdadeira.

#3 – Os Pubs

Os pubs são uma grande e conhecida atração da capital irlandesa.

Por exemplo, há mais de 600 bares espalhados por Dublin, dos mais simples aos mais sofisticados.

Além disso, é em Dublin que surgiu a famosa cerveja Guinness, líder do mercado mundial das cervejas pretas.

Por fim, há também o Temple Bar: um badalado bairro de Dublin que concentra diversas opções de pubs e vida noturna.

Temple bar em Dublin

#4 – Cidade viking

Essa é outra das curiosidades sobre Dublin que faz toda a diferença na hora de visitar a cidade: Dublin é uma cidade viking.

Aproximadamente na metade do século IX, os vikings se estabeleceram por lá, fundando uma pequena região e a chamando de Dubh Linn, que significa Lagoa Negra. Sim, é daí que surge o nome da cidade.

Certamente você pode encontrar vestígios da ocupação viking por toda a cidade, tanto na arquitetura quanto em museus e etc.

#5 – A segurança

Em quinto lugar, está a segurança: Dublin é  uma das cidades mais pacíficas do mundo, com baixos índices de criminalidade.

Um fato interessante é que o porte de armas não é permitido nem para a população, nem para a polícia.

Sim, a polícia de Dublin não anda armada. Ainda assim, a chamada Guarda da Paz da Irlanda possui bastante respeito e os níveis de criminalidade em todo o país são baixíssimos. 

#6 – “Sorry”

Primeiramente, todo idioma acaba por adquirir certas diferenças de região para região.

Ao compararmos o português do Brasil e o português de Portugal, por exemplo, percebemos que essas diferenças são bastante relevantes.

Com o inglês não poderia ser diferente. Portanto, a versão irlandesa do inglês possui uma série de diferenças em relação à versão americana ou inglesa.

Uma dessas diferenças é a palavra sorry, que em Dublin é usada para quase tudo.

Quer pedir licença? Sorry.

Esbarrou em alguém? Sorry.

Foi esbarrado? Sorry também.

Mas, apesar do estranhamento que esse hábito pode causar em um primeiro momento, é fácil se acostumar ao jeitinho irlandês de falar.

#7 – O transporte

Outra das curiosidades sobre Dublin é que ela é uma cidade bastante plana. Ou seja, possui uma geografia que facilita o uso de meios de transporte alternativos, como bicicletas, patinetes e caminhadas.

Segundo pesquisa, mais de 11% da população irlandesa utiliza bicicletas como principal meio de transporte.

Além disso, a capital da Ilha da Esmeralda possui 650 km de ciclovias, o que garante segurança e incentiva ainda mais esse meio de locomoção.

Aliás, para andar de bicicleta em Dublin não é nem preciso comprar uma: a cidade tem diversos pontos de empréstimo de bikes comunitárias por todo o seu território.

Bicicletas comunitárias em Dublin

Finalmente, também é muito comum encontrar crianças indo para a escola em seus patinetes, e adultos de traje social e tênis esportivo caminhando até o seu local de trabalho.

#8 – Cidade jovem

A oitava das curiosidades sobre Dublin é que, diferentemente do restante da Europa – conhecido por sua população envelhecida -, a capital irlandesa possui uma população bastante jovem.

Em primeiro lugar, Dublin é a cidade mais jovem da Europa, sendo que cerca de 40% da população irlandesa como um todo tem menos de 25 anos.

Devido a sua jovialidade, Dublin se torna um destino interessante para os novos intercambistas, sendo uma cidade dinâmica, badalada e alegre.

#9 – Culinária

Primeiramente, conhecer a culinária típica do local que se deseja visitar é essencial para viajar bem preparado.

Nesse sentido, um dos fatos sobre Dublin é que sua população consome muita batata

Pode ser frita, cozida, assada… O fato é que diversos pratos típicos irlandeses levam batata em sua composição.

Inclusive, um dos pratos mais tradicionais da culinária irlandesa, o fish and chips, consiste justamente em batata frita acompanhada de peixe empanado.

Fish and chips

Outra curiosidade é que os irlandeses não almoçam – pelo menos não como a gente.

Sua principal refeição do dia é o café da manhã, o qual é bem reforçado e calórico. 

No almoço, normalmente os irlandeses consomem alimentos mais leves e rápidos de preparar, como sanduíches, batatas fritas, etc.

#10 – Parcelamento de compras

O último dos fatos sobre Dublin diz respeito ao ato de parcelar as compras, seja no cartão de crédito, seja no crediário.

Se você tem esse hábito aqui no Brasil, terá de se acostumar a uma característica da capital irlandesa: quase tudo só se pode comprar à vista.

Só é possível parcelar itens realmente caros, como casas e carros. Os demais produtos normalmente não possuem essa opção.

Pronto para embarcar para Irlanda? Preencha o formulário abaixo e fale com as melhores agências de intercâmbio para a Irlanda.

Categorias: Curiosidades